Conecte-se agora

Speed

Francisco Chamorro e Luciene Ferreira vencem a 72ª Prova Ciclística Internacional 9 de Julho

Publicado

em

Atletas da Funvic/São José dos Campos foram os melhores da Elite

Os ciclistas da Funvic/São José dos Campos foram os vencedores da categoria Elite na 72ª Prova Ciclística Internacional 9 de Julho. Na manhã desta segunda-feira, feriado de 9 de Julho na capital paulista, Francisco Chamorro venceu no masculino ao completar, no sprint, os 94.48km com o tempo de 2h04min11seg, mesmo resultado do vice, Rafael Andriato, da São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto). Rodrigo de Melo, também da São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto), foi o terceiro com o tempo igual 2h04min11seg.

A briga no feminino também foi acirrada e Luciene ganhou ao completar as duas voltas no percurso, com largada e chegada na Avenida Lineu de Paula Machado, em frente ao Jockey Club, em 1h14min07seg. Esta também foi a marca da segunda e da terceira colocadas, Wellyda dos Santos (Avulso), e Ana Paula Polegatch, da Memorial/Santos/Fupes.

Destaque do ciclismo nacional, Chamorro deu, nesta segunda, mais uma prova disso. Mesmo abalado com o acidente de um grande amigo e de seu filho, na Argentina, ele foi para a disputa com o profissionalismo de sempre e conseguiu mais um importante resultado na 9 de Julho – ele foi bi (2010 e 2018), mas em 2012 venceu o GP São Paulo, que substituiu a tradicional corrida naquele ano.

“Muito aliviado após um excelente trabalho da equipe. Fomos protogonistas quase o tempo todo e, quando o domínio escapou, recuperamos a tempo. Moro no bairro, conheço bem o percurso e isso ajudou também. Fizemos o que devia ser feito”, declarou o ciclista, que após a vitória caiu no pranto. “Muito triste com isso, mas torcendo para que ambos saiam do coma”, completou.

A definição no feminino também foi para o sprint e a experiente e campeoníssima Luciene Ferreira levou a melhor mais uma vez. “Procuramos correr na defensiva porque estávamos com número menor de atletas. Queríamos levar para o spint e deu tudo certo. Feliz por mais um resultado positivo na Prova 9 de Julho, pois venci três vezes e uma vez o GP São Paulo”, destacou a ciclista de 33 anos.

Resultados da 72ª edição:

Elite

Masculino – 93,48km
1) Francisco Chamorro (Funvic/São José dos Campos), 2h04min11seg
2) Rafael Andriato (São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto), 2h04min11seg
3) Rodrigo de Melo (São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto), 2h04min12seg
4) Emerson Santos (Tropix/ UFF/Guaratinguetá), 2h04min12seg
5) Flávio Cardoso dos Santos (Funvic/São José dos Campos), 2h04min13seg

Feminino – 46.74km
1) Luciene Ferreira da Silva (Funvic/São José dos Campos), 1h14min07seg
2) Wellyda dos Santos (Avulso), 1h14min07seg
3) Ana Paula Polegatch (Memorial/Santos/Fupes), 1h14min07seg
4) Daniela Lionço ABEC Rio Claro), 1h14min07seh
5) Taise Benato (Memorial/Santos/Fupes), 1h14min07seg

Aspirante

Masculino – 46,74km
1) André Almeida dos Santos, 1h08min07seg
2) Jonathan Nogueira, 1h08min07seg
3) Rodrigo Fernandes, 1h08min07seg

Feminino – 46,74km
1) Nadine Gill, 1h08min13seg
2) Letíicia Medeiros, 1h13min46seg
3) Flavia Lisboa, 1h13min55seg

Federado

Masculino – 70.11 km
1) Alvimanio Silva (Elite Bike Rio), 1h39min50seg
2) Kleber Bahia (Velo48 Cannondale), 1h39min51seg
3) Sérgio da Silva (Velo48 Cannondale), 1h40min20seg

Feminino- 46.74km
1) Kelly Serafim (Meu Storage/Capitão Bikes), 1h14min18seg
2) Flora Meireles (Laguens Ladies), 1h14min18seg
3) Margarida Costa (Laguens Ladies), 1h14min18seg

A Prova

Instituída em 1932 pelo jornalista Cásper Líbero em homenagem à Revolução Constitucionalista e realizada pelo jornal A Gazeta Esportiva a partir de 1933, a Prova Ciclística 9 de Julho é um patrimônio do esporte brasileiro. O evento se tornou um marco na modalidade, sendo objeto de desejo dos atletas e equipes. Ao longo dos anos, os principais nomes do país e destaques do exterior prestigiaram o evento, colocando-o em um lugar de destaque nos cenários nacional e internacional. Desde 2015, a Prova recuperou o espaço onde surgiu, nas ruas e avenidas paulistanas.

  • 72 9 de Julho, 09/09/2018, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

  • 72 9 de Julho, 09/09/2018, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

  • 72 Prova CicIitica Internacional 9 de Julho, pelas ruas da capital paulista. 09/07/2018, Foto: Djalma Vassao/Gazeta Press

  • Elite, 72ª Prova Ciclística Internacional 9 de Julho, São Pauo SP, 09/09/2018, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

  • Largada da categoria elite da 72 Prova CicIitica Internacional 9 de Julho, pelas ruas da capital paulista. 09/07/2018, Foto: Djalma Vassao/Gazeta Press

  • 72 Prova CicIitica Internacional 9 de Julho, pelas ruas da capital paulista. 09/07/2018, Foto: Djalma Vassao/Gazeta Press

  • 72 9 de Julho, 09/09/2018, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Continue Lendo
Propaganda Acesse o site da ServerPro
Clique para comentar

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Speed

Brasileiro de Pista define medalhistas das categorias de base nas provas de Velocidade Individual e Scratch

Publicado

em

Categorias Infantojuvenil, Juvenil e Junior mostraram alto nível técnico durante as provas disputadas nesta segunda

Com a participação dos melhores atletas do país, o Brasileiro de Pista 2018 segue coroando os ciclistas mais rápidos do Velódromo. A programação desta segunda-feira, 03 de dezembro, contou com as provas de Velocidade Individual e Scratch. O campeonato, segue até o próximo sábado (08/12), na cidade de Indaiatuba, em São Paulo.

Na prova de Velocidade Individual, considerada uma das mais rápidas do Ciclismo de Pista, os atletas travaram disputas emocionantes. O paranaense Vinicius Gussolli, da equipe SMEL Foz do Iguaçu, que disputa seu último ano na categoria Junior, apresentou muita qualidade e força para conquistar o bicampeonato da prova.

Ciclismo de Pista

“Acabei não fazendo uma boa etapa classificatória, cometi alguns erros, mas consegui ter calma e corrigir em tempo. Os últimos meses foram muito sofridos, treinei muito para chegar bem preparado nesse brasileiro, então esse bicampeonato vem para coroar tudo esse trabalho”, destacou o campeão.

O ciclista Wellington Timoteo, do Clube Ciclístico Araponguense, medalhista de bronze no último Pan, ficou com a medalha de prata, seguido por Vinicius Guimarães, da Associação Ciclística Desportiva, com o bronze.

Outro destaque desta segunda foi Julia Constantino, de 16 anos, do Clube Ciclístico Araponguense, medalha de ouro na Velocidade Individual da Juvenil feminino. A ciclista, conquistou a vitória sobre Yana Camargo, do Tocantins Clube de Ciclismo, que estreou no campeonato com força total e ficou com a medalha de prata. O bronze foi para Julia Leite Braga, da S.E.T Mogi Guaçu.

“O brasileiro é uma competição bastante imprevisível. A cada ano, novos atletas surgem e o nível permanece sempre alto. Estou feliz com a primeira colocação, foi uma prova muito disputada e vai servir como motivação para outras provas até o final do campeonato”, declarou Julia.

Ciclismo de Pista

Na disputa da Scratch, entre as atletas da categoria Juvenil feminino, a vitória ficou com Julia Leite Braga, da S.E.T Mogi Guaçu, considerada uma das atletas mais regulares deste campeonato. Julia Constantino, Clube Ciclístico Araponguense, conquistou a prata e Vitoria Costa, da Memorial Santos, ficou com o bronze.

Destaque Infantojuvenil

Na prova de Velocidade Individual da categoria Infantojuvenil feminino, prevaleceu a força e a atitude da atleta Mayra da Costa e Silva, de apenas 13 anos, para conquistar a medalha de ouro. Medalhista em 2017, a paulista representante da equipe Memorial Santos, terminou a prova bastante emocionada.

“Foi uma disputa acirrada desde o início. Acabou tudo dando certo e conquistei a medalha de ouro. Agradeço a todos os apoiadores pela oportunidade de estar aqui competindo contra as melhores atletas do pais, podendo mostrar o meu melhor. Agora é continuar focada para as próximas disputas”, contou Mayra.

Ana Julia Alves, da Prefeitura Municipal de Rolândia levou a prata, e Julia Rayannara, da ABEC Rio Claro, ficou com o bronze.

Provas

O principal torneio da temporada terá a realização de dez provas. A organização irá priorizar as seis provas do programa olímpico: Perseguição Por Equipes (Team Pursuit), Velocidade por Equipes (Team Sprint), Keirin, Velocidade (Sprint), Madison e Omnium.

Ciclismo de Pista

As provas de Perseguição Individual (Individual Pursuit), 1 KM / 500m Contrarrelógio, Scratch e Pontos (Points Race), apesar de estarem inscritas na programação de algumas categorias, poderão sofrer alterações ou até exclusão da programação em casos específicos ou de força maior.

O Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista 2018 é uma realização e organização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Paulista de Ciclismo (FPC), com patrocínio da Penks Vestuários, e apoio da Prefeitura Municipal de Indaiatuba e Travel Inn Hotels.

Fotos: Luis Claudio Antunes/CBC

Continue Lendo

Speed

Flagrante mostra ciclista pegando vácuo de caminhão a 100km/h

Publicado

em

Flagrante

A equipe da EPTV flagrou, na última quarta-feira (28/11) uma cena inusitada e arriscada. Um ciclista foi filmado andando colado à traseira de um caminhão a mais de 100 km/h. A cena foi flagrada na Rodovia Anhanguera, próximo à cidade de Limeira, no interio de São Paulo.

Segundo a reportagem, o caminhão estava a mais de 100km/h e o ciclista seguia numa manobra conhecida como vácuo. Ao perceber que estava sendo filmado, o ciclista saiu de trás do caminhão e foi para o acostamento.

Veja o vídeo:

 

Continue Lendo

Speed

Thayná Araújo é um dos destaques da elite feminina no Granfondo 21ª Volta Ciclística do Grande ABC

Publicado

em

Atleta de 21 anos está animada para competir na disputa que acontece no dia 9 de setembro

O Granfondo – 21ª Volta Ciclística do Grande ABC 2018 também contará com a força e charme das mulheres na disputa que acontece no próximo dia 9 de setembro com largada Paranapiacaba e chegada em São Bernardo do Campo (na Av. Aldino Pinotti), na arena montada próximo ao Shopping Metrópole,

E um dos nomes que pode se destacar é a jovem Thayná Araújo de Lima, de 21 anos que há três compete na elite feminina e foi vice-campeã no ano passado. Animada para a disputa, a ciclista natural da cidade de Santos (SP) espera por uma prova bastante competitiva.

“Por ser um evento clássico e tradicional dentro do calendário do ciclismo nacional, todo mundo vem se preparando muito ao longo do primeiro semestre. Espero novamente por uma prova bastante disputada. As atletas vão vir fortes”, diz Thayná Araújo de Lima.

A atleta revela uma ansiedade pela disputa, pois será sua segunda prova após sofrer uma fratura no punho esquerdo. “Estou animada e ansiosa para competir. Faz dois meses que tive uma fratura no punho esquerdo. Já estou recuperada, mas será somente minha segunda competição após o meu retorno. A outra foi no dia 26, então, quero ver como vou me sentir na prova e dar meu melhor”, conta a ciclista da equipe Memorial Santos.

Thayná também conta que gosta do circuito, e que sua estratégia é focada no Sprint, que é mais seu estilo. “Eu gosto desta prova. Acho bacana. Apesar da fratura, acredito que estou bem preparada e como tenho mais facilidade no Sprint, é a estratégia que vou adotar para buscar um bom resultado”, comenta.

Inscrições:

As inscrições estão abertas para todas as categorias, e deverão ser realizadas exclusivamente pelo site: <https://goodsports.com.br/evento/granfondo2018 até dia 5 de setembro. Os valores variam de acordo com a categoria e opção com ou sem a camisa de ciclismo.

Entrega de kits:

A entrega dos kits, juntamente com Chip Ativo (que deve ser devolvido ao final da prova) ocorrerá no dia 8 de setembro (sábado) das 10h às 18h, no Studio Race (Avenida Antártico, 487 – Jd. do Mar – São Bernardo do Campo – SP).

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro